domingo, 26 de abril de 2009

25 de Abril 2009

Fui ao largo do Camões ver a passagem do Alouette 3 da FAP que ia largar 5000 cravos sobre o povo que estava no largo. Cheguei ao largo um pouco antes da hora da largada 19h, de modo a poder estudar as possíveis aproximações ao local.




Acabei por perder a primeira passagem do heli um pouco antes da 19h, eles devem ter passado para reconhecerem o local, mas esta passagem confirmou a minha ideia sobre de onde eles viriam.




Lá chegou o grande momento e a minha estimativa resultou em cheio pois estava mesmo no local certo.




O povo entrou em delírio com muitos encontrões e aqui o vosso amigo ainda levou uma chapada na cara por uma senhora que queria apanhar uns cravos largados pelo heli.



Acho que as fotos falam por si, por mim são das mais bonitas que alguma vez fiz!

Red Bull Air Races - Porto 2008

Na minha primeira actividade como membro da APEA (associação Portuguesa de Entusiastas da Aviação) fui ao Red Bull Air Races no Porto. Juntei o útil, que foi visitar a minha família em Matosinhos ao agradável que foi passar dois dias emerso na fotografia de aviação.Tal como combinado no sábado fui bem cedo para o nosso local de spotting , garantindo uma boa localização.




Como primeiro momento tivemos demo do Lynx da Marinha que foi como sempre extraordinário cheio de movimento.



Depois passaram os F16 da FAP com um estrondo tremendo que abriu bem os olhos do público.





De seguida apareceram os Breitling Jet Team com os seus L-39 Albatros azuis.


Finalmente começaram as corridas, que embora emocionantes acabam por se tornar monótonas.




No fim apareceram os Alphajets da 103, com 4 aviões todos pintados com as cores dos Asas de Portugal, numa visão que espero se torne normal nos próximos tempos.




No domingo fui para a pista e apanhei uma grande rapada por parte do Lynx da Marinha, deixo aqui a segunda passagens deste heli.

Resumindo foram dois dias cheios de emoção, com muitas fotos e alguns momentos engraçados. Se me perguntarem se este ano vou de novo ao Porto ver o Red Bull, respondo que pelas corridas não mas se os side shows forem bons quem sabe…

domingo, 12 de abril de 2009

Open day BA6 Montijo - Junho 2008

Como a BA6 é a base mais perto da minha casa decidi ir ao open day do Montijo, já com a intenção de voltar a voar num C130.



Bem cedo fui para a base, encontrei-me com o Vitor Sousa que já estava na fila para os voos. depois de nos inscrevermos lá fomos ver o que a base tinha para nos mostrar. em termo de aeronaves apenas tinha um Merlin, tinham também o parque cheio de carros de combate a incêndios e de outros serviços.





Perdi a passagem baixa do Hercules pois estava entretido com o Merlin em exposição. mas depois consegui apanhar um Merlin em voo e o Hercules.


Já depois do almoço lá chegou a nossa vez de voar, entramos para o avião e depois do que pareceu uma eternidade lá descolamos, a força do búfalo fez-se sentir neste momento, depois de estar no ar o que mais me lembro é do barulho dos motores. quando chegou a altura de aterrar nem queria acreditar já tinha acabado mas ainda tínhamos pela frente a saída a correr pois o calor que se sente ao sair da rampa é brutal.

Depois do voo e já sem muito para ver lá decidimos ir embora mas não sem antes conseguir fazer mais uma foto do Merlin em voo. mas depois veio a desilusão do dia ao chegar ao carro e já depois de ter guardado a maquina aparece uma parelha de F16. Ainda tentei fazer algumas fotos mas não deu. E assim terminou mais um dia dedicado a aviação Portuguesa.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Apresentação dos C295M aos Media - 2009




Na passada terça feira dia 7 de Abril fui a cerimónia de recepção dos C295M na BA6. Recebi o convite para acompanhar um amigo jornalista e claro aceitei.
Depois de tratar das formalidades na porta de armas, que nunca foram tão facilitadoras na minha experiencia, deslocamo-nos para o local onde se iria realizar a cerimónia. Ao estacionar o carro deu logo para ver dois Hercules e um C295M.

Após tirar umas fotos a estes aviões lá entramos no Hangar onde estavam os outros dois aviões e a esquadra 502 em formatura.

Depois da cerimónia, tive pela segunada vez a oportunidade de entrar num destes aviões, sendo que desta vez pude tirar umas chapas do seu interior.

Ainda tive tempo para fazer um walkaraund a um dos aviões, isto já a pensar nos modelistas. Depois fomos para o outro hangar onde estava um outro Hercules em manutenção e tivemos direito a um pequeno lanche e a uma fatia de bolo.

Foi mais um dia na BA6, de manha estive na cabeceira, onde apanhei os seguintes movimentos, um C160 a descolar, dois Hercules, um Lynx e um Aviocar que andou a fazer circuitos. Este ainda me deu a esperança que iamos ter um Aviocar na cerimonia, o que não veio a acontecer.
Quanto ao C295M, é muito espaçosso para transporte, a cabine de pilotagem parece-me muito acanhada e os comandos muito pequenos mas parece ser um maquinão fastastico.

domingo, 5 de abril de 2009

Visita EHM - Abril 2009

Pelas 10h estava na porta armas da BA6, tratei da identificação e deram-me dois documentos, um para o carro, que já conhecia e um outro para mim que teria de ser assinado pela EHM.



Acabei por chegar a EHM já perto da descolagem do primeiro voo do dia, fiz algumas fotos. Depois fui informado que só depois do almoço teria mais um voo, como já tinha combinado com a esq 502 uma visita para este dia, telefonei para a esquadra a perguntar se poderiam receber-me de manha em vez do que estava combinado, só de tarde. Recebi um “claro que pode e venha rapidamente que estamos para receber um avião novo”. Lá me meti a caminho, ao chegar ao edifício da esquadra já lá estava na porta quem me iria receber. Após as apresentações tive direito a uma visita as instalações da esquadra, depois fomos para o hangar onde tive o privilégio de ver e entrar no 16703, o 702 estava a voar e entretanto já tinha chegado o 704, que vi mas que não puder chegar muito perto pois estava a acontecer a cerimónia de recepção do mesmo, lá voltamos para a esquadra e depois das despedidas iniciei o caminho de volta para a EHM.
Ao chegar novamente a esquadrilha já fui recebido por um outro oficial, depois de mais dois dedos de conversa e como já era hora do almoço fomos comer. No caminho o piloto do voo da manha perguntou-me se as fotos tinham ficado bem.


Depois do almoço para meu espanto consegui combinar com os pilotos e com o pessoal de terra onde gostava de estar em vez de ficar limitado a relva como nas vezes anteriores. A liberdade foi quase total, desde que nunca fica-se entre o heli e o pessoal de terra.




O espírito de colaboração chegou ao ponto dos pilotos em voo, perguntarem se tinham ficado bem e se queria que repetissem, isto através de sinais com a mão.

Lá me entretive entre os voos com o ir a placa ver os helis, ir ao hangar e ir ao bar da esquadra, e assim estive até a hora do jantar. Como estava numa instalação militar o jantar é sempre cedo mas desta vez tinha o rebuçado de ir ver o inicio de um voo nocturno, apenas aqui tive uma limitação, não podia utilizar o flash.
Nesta caso tentei fazer o possível para tirar partido desta oportunidade, mas fiquei muito limitado pela falta de luz e por isso acabei por ter de fazer um filme para pelo menos marcar a situação.
Tive mais um dia espectacular, fui como sempre muito bem recebido na EHM e tive ainda a oportunidade de visitar pela primeira vez a 502. Quando cheguei a casa estava feliz!! Bem hajam a todos!! E obrigado!!

sábado, 4 de abril de 2009

Visita EHM - Julho 2008



Mais uma vez voltei à EHM, sendo que fui acompanhado por um outro colega spotter, o Vitor Sousa com uma missão especial de fotografar um modelo do lynx a escala 1/48 do Hugo Cabral com o verdadeiro. Podem ver as fotos e um artigo nesta página:
Nesta segunda visita, tive a oportunidade de ver e fotografar algo que julgo ter sido inédito para um spotter, o Lynx numa operação de carga suspensa.

Tive a oportunidade de mais uma vez apreciar a hospitalidade da EHM, com total liberdade de movimentos mas respeitando as regras da casa claro. Tive a consciência de desligar a máquina e colocá-la a tiracolo, sem nunca ninguém me pedir tal coisa nas zonas que me pareceram mais sensíveis.

Mais uma vez tive a oportunidade de acompanhar bem de perto o voo do 19203 e o trabalho dos homens que estavam a operar a carga num dia de treino onde o Lynx repetidamente levantou a carga saindo e voltando para a poisar, de modo a afinar todos os procedimentos a cada voo.

Entrei na base pelas 16 horas a última foto foi já perto das 21 horas, fomos convidados a jantar na messe de oficiais da BA6.

Com o sol a raiar na linha do horizonte tempo ainda para umas últimas fotos ao Lynx e sua tripulação que saíram em missão nocturna.